Claymore 141

Oh fuck...

Oh fuck…

Eu falhei em poder comentar os últimos capítulos, mas pra ser sincero, eu não consigo dar a miníma para o que está acontecendo desde que tivemos a Clare ignorada por tanto tempo, então mesmo agora que eu posso eu não vou perder meu tempo fazendo eles, então só vou fazer comentários sobre eles em geral aqui.

MAS as coisas meio que mudam agora…

Eu acompanho o mangá de Claymore desde antes de sair no Brasil, e sinceramente é o único mangá que eu sinto vontade de comprar toda vez que eu simplesmente vejo uma capa linda. A história ainda me chama a atenção apesar de eu achar que o autor está estragando com ela, e eu acompanho o mangá desde quando o alcancei anos atrás lá pelo capítulo 89.

Uma coisa que eu nunca havia entendido, era onde no meio disso tudo, duas das personagens que mais gostei e tiveram um tempo decente de cena que não fosse em batalhas, que por sinal é a minha capa preferida antes do novo lançamento anunciada(Volume 24), ou seja, esta:

Claymore epica

Eu nunca entendi como duas personagens que tem uma relação tão estranha por ser uma desconstrução e alusão aos protagonistas da série, não terem um papel principal desde quando foram matar a Galatea. Elas sempre pareceram atrasadas no jogo, apesar da Miata ser extremamente ÉPICA, e a Clarice sempre parecer uma versão da Clare que seria fraca, sem determinação, e pra completar o contraste aparecer justo quando a nossa querida protagonista é uma das Claymores mais fortes da história, como personagens dessa estariam boiando na história?

Nota: (Clarice – Clare, número 47).

Eu sinceramente não ligo pras personagens novas por não terem tempo de cena, mas ela e a Dietrich foram sempre bem exploradas e fazem você sentir que são parte do grupo, elas tiveram pequenos conflitos sobre a organização, e você sabe que se elas fossem “feitas” 7 anos atrás, elas fariam parte do grupo sem pensar duas vezes (Aquele momento hilário que depois de falar de desconstrução você se toca que a Miata tem um cabelo parecido com a fofa da Yuma uahsuash).

Mas depois daquele momento em si de serventia para o enredo ficar interessante, elas caem em um momento roleta de personagens de que vão aparecer no capítulo ou no arco, e você até se conforma já que a Teresa está morta e Raki e Clare foram completamente esquecidos, então… por que não elas também, né?

Clari e Miata estão sendo usadas para reviver e fazer o leitor esquecer do que aconteceu, talvez com uma pitada de nostalgia, da mesma forma que fizeram pra vermos Galatea em ação novamente – engraçado que elas estão lutando juntas agora.

O capítulo (e o final do 140) tiveram um estilo interessante, a dramatização e a sequencia de quadros foi muito boa, a arte também foi mais caprichada que os anteriores, me fez até voltar a ler claymore como lia, e sinceramente espero que os próximos capítulos se mantenham assim pra melhor.

Agora se me dão licença, vou fangasmar ali por alguns momentos…

Ela virou uma seadramon *-*

Ela virou uma seadramon *o*

PUTA MERDA QUE FODA ELES PEGARAM A HABILIDADE DAS GÊMEAS E FIZERAM COM ELAS E EU NEM IMAGINEI ISSO tá certo que foi mais por causa que não mostraram elas pois elas só apareciam aposentadas… MAS PUTAMENTE FODA ISSO E ELA AINDA É BASICAMENTE UM NÍVEL ABISSAL!

Ok… u.ú

Agora… vamos ao assunto final… A necessidade.

Estamos tendo uma luta pra Pricila ter o que fazer, e pra sermos meio que lembrados o quão foda ela é, enquanto isso as nossas protagonistas enfrentam a Abissal mais tosca da história, e as outras guerreiras enfrentam um pokémon da quinta geração (que parece que foi a Rumiko Takahashi que desenhou) que nem mesmo tem necessidade de estar lá só para manter-las ocupadas.

Eu não vou falar sobre o quão tosco é aquele abissal comedor de terra cujo o nome eu nem lembro, mas basicamente no minimo a Miata vai dar um worf effect nessa coisa, e sofrer um para a Pricila, provavelmente. Apesar de melhor trabalhado, as lutas que estão acontecendo para render a série, no especial momento são a mesma coisa que os ninjas de konoha ocupados com o edo tensei e em gantz a equipe INTEIRA fazendo porra nenhuma além de sobreviver algo que nem tem importância.

É engraçado também como a lista de baixas está… baixa, sendo que esses personagens nem interessam muito.

 Você sabe que o autor não está nem tentando nos fazer se importar com elas quando são apresentadas desta forma... Apesar que eu acho que a número 14 foi derrotada pela Miata quando encontramos a Riful.

Você sabe que o autor não está nem tentando nos fazer se importar com elas quando são apresentadas desta forma… Apesar que eu acho que a número 14 foi derrotada pela Miata quando encontramos a Riful.

O Capítulo 140 começou de uma forma muito boa, a construção com closes de personagens que não são usados tenta reproduzir uma nostalgia, mas não é útil ou com personagens que tiveram muita atenção, mas deu pro gasto por uma imagem que eu tenho uma necessidade pessoal de colocar aqui:

So... epic.... (tirando que o cabelo da Clarice parece o do Jaden ai).

So… epic…. (tirando que o cabelo da Clarice parece o do Jaden ai).

E então… mudamos de cena, SÉRIO? SÉEEERIO? Pra uma merdinha de situação? Ninguém liga pra Pricila! Nós já tivemos um capítulo inteiro falando coisas que já sabiamos sobre ela mas ela foi feita pra ser um monstro irritante, e quem disse que ela deveria ser inteligente? Ela era só uma garota mimada quando encontramos ela, sem nenhuma estratégia, só matar matar matar, algo que continuava até agora pouco, só que mais séria, nós não podíamos guardar essas páginas de conversa pra enfatizar a transformação ou as outras guerreiras…?

E NÃO FEZ NEM SENTIDO!!!!!

Eles encerraram a luta rapidamente talvez pra já por a Pricila contra a miata ou algo do tipo, mas sério! Não teve nada haver!

Nota: E é… acho que foi comprovado que mesmo sendo foda como a Riful em forma etc. Sem a personalidade dela não é lá muito legal, talvez tenha sido esta a decisão…? Mas algumas memórias ela poderia ter… sei lá…

O capítulo 139 foi como um filler pra mim, pra falar a verdade. Mas vendo o 140 de novo, da a impressão que o autor vai querer dar bastante atenção as guerreiras até termos um climax com a Miata, mas ele deve ter mudado de ideia e posto a Pricila pra acabar e dar mais atenção a Miata, MAAAS ele poderia ter deixado a luta da Pricila pra depois e se focar em uns dois capítulos assim que não teria problema….

Ah… É bom estar de volta, é a primeira vez em meses que eu me senti realmente fazendo uma review falando sem ficar só falando “Ah, está bom” ou  “Ah está ruim” de uma forma bem chata, mas sinceramente os mangás não tinha nada pra falar, apesar que tenho um ou outro pra comentar preciso pensar e botar mais esforço nisso, anyway.

Uma coisa… Aquela Abissal que queria voar deixou bem claro que as transformações são um simbolismo, o que será que a da Miata significa…? Mais importante… por que os fãs não conversam mais sobre isso…?

Clarice vai se forçar para o instinto de filha salvar a Clarice e trazer ela novamente para a consciência?
Se Raki pudesse controlar o youki… (o que acho que ele vai), ele poderia fazer isso com a Clare…? A clare naquela forma é uma despertada, afinal? Quando aqueles tiozinho na montanha vão morrer?

Anyway:

Capítulo 139: 4/10.
 Capítulo 140: NOTA DUPLA (primeira vez que faço isso lol) Parte 1: 8/10, Parte 2: 3/10.
Capítulo 141: 7/10.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s