Eu acho que é 31 – Resposta a Anime Portifolio #2

Enquanto isso parece e de certa forma é uma maneira de ter mais pauta aqui no site, EU JURO QUE EU IA ESCREVER ISSO NA SEÇÃO DE COMENTÁRIOS mas é longo demais, então por quê não deixar isso bonitinho e registrado no blog?

GOGO ver o que eu respondi novamente para os grandes posts do Anime Portifolio dem uma lida e comentem lá a não ser que vocês sejam cara de pau como eu!

 Lembre-se que dessa vez estou seguindo mais o que você me perguntou, e talvez levando isso a um tópico completamente novo.

Muito bom o post, mas isso não é ma surpresa vindo de você, não é mesmo? XD Hmm… Heróis mascarados, o único que me chama a atenção, desde pequeno, é o homem-aranha, não falo só o senso de humor e os poderes mas, os monólogos de quando ele morre ou está em uma situação próxima da morte ou do: E PRA QUE EU TENHO QUE FAZER ISSO AGORA? O QUE VALE A PENA ISSO TUDO? São o que me tocam mais, um bom tributo é “Death of spider-man” que você pode achar no youtube.

E você, conhecem algum herói sombrio?

Hmm… Batman? Lelouch? Kira? Difícil classificar os últimos dois…

Eu sou fã de Anti-heróis, desde criança, nem mesmo quando sabia o que isso era, eu sempre achei o mais solitário que não joga pelas regras do grupo o mais legal, o mais prático, e o com mais personalidade, talvez porque são mais humanos, onde o conceito de “Bom” e “Ruim” não são tão definidos, e outra por em várias séries o herói ser um hipócrita em alguns sentidos, eu poderia citar vários e vários exemplos mas um que lembrei ontem mesmo:


O conflito do Big Bad em Avatar – The Last Airbender, o vilão não mostra motivos além de uma certa insanidade e arrogância, quando durante toda a série parecia alguém extremamente calculista e sangue frio do qual tinha uma razão para tudo, e exilou seu próprio filho pois ele era um elo frágil.

Digamos que houve uma razão, nem que seja o orgulho, o desejo de herdar o poder conquistado por gerações, o que é comum em várias monarquias, é como a pessoa foi criada, ensinada desde o momento que nasceu, essa pessoa, em seu ponto de vista, da um sumiço na mulher, trai o irmão, e tenta matar o próprio filho mais de uma vez.
Aang vê todo o efeito disso no mundo, e decide não matar por ele ser um monge, a ponto de precisar de um god ex machina pra resolver o problema, ele em vez de acabar com o sofrimento rápido do homem, acha que é mais misericordioso retirar todo o seu poder e o condenar a ficar trancado até o último dia de sua vida, sem a menor chance de redenção, do qual geralmente é o motivo da prisão, por alguma razão.

Enquanto a série tenta mostrar isso o quão misericordioso esse ato foi esse ato e não ter explorado o vilão final suficientemente para ter algum impacto além da sensação de conquista depois de três temporadas, não parece algo tão legal de se fazer com uma pessoa, ainda mais quando a próxima série mostra o tamanho desespero das pessoas perderem suas dobras.

Agora vamos parar antes que eu faça uma critica da série o/

———–

Se você recebesse um incrível poder em meio a um mundo de caos, o que faria?

Depende do poder, e depende do que eu chamaria de caos =/ Da pra montar uma história inteira só disso e isso nunca ficará velho.

E qual o tipo de herói que mais gosta, os mascarados que lutam nas sombras sem receber qualquer reconhecimento, ou os de cara limpa que  convivem com a ameaça e o brilhos dos holofotes?

Os que recebem reconhecimento, eu acho bonito o heroísmo mascarado, mas eles acabam injustiçados e me deixam com uma frustração e insatisfação depois de ler, mas, em Black Cat, o protagonista não ta nem ai se leva crédito em algo ou não, e essa frustração não é tão grande, mas apesar da dúvida que esse personagem deixa, ele não é mascarado, então continua sendo os de cara limpa, apesar de eu achar mais legal a parte do risco.

——–

Um ponto que eu gostaria de tocar, é quando o vilão não é diferente do protagonista, e para deixar o post mais curto, usarei dois exemplos bem simples:

Pokémon Special e Naruto

Em ambas as séries, vemos o personagem que na época de lançamento, era para ser o big bad de alguma forma, e então vemos que suas razões não são tão egoístas, cruéis de certa forma, mas mostram que são o mesmo lado da moeda.

Enquanto a Elite 4 da saga Yellow é uma organização de que, dois dos membros, notaram como os pokémon sofrem com a poluição feita pelos humanos etc. Quem os une e oferece um caminho sombrio é apenas uma personagem secundária do lado dos vilões, ao contrário do Obito e do Madara, o que torna as coisas mais interessantes pois você não vê uma manipulação sobre eles pelo menos na idade adulta, ou seja, apesar da origem, o mérito é completamente deles, e você entende que os humanos não irão mudar, então ele decidiu simplesmente limpar esse mal do mundo, nem que seja por destruir meia cidade em um único ataque.


Enquanto isso obviamente não foi algo explorado na série, é estranho como os editores não notam como esse foi o ponto mais forte onde todos os personagens e a situação do mundo da série e o nosso são algo importante e trariam mais sucesso a série.

Mas temos um final pouco satisfatório e hipócrita por nenhuma solução ser apresentada e a série continuar normalmente, o que é MUITO frustrante, a diferença é que Pokémon Special ainda vale a pena ser lido até o Fire Red.

Quanto ao Naruto… Não irei começar uma conversa sobre isso… Mas vou apenas citar a minha segunda fala preferida em toda a série:

 “Entendo…  Mas que é nobre de você. Isso é a justiça de fato. No entanto… Minha família… Meus amigos… A minha aldeia… Eles sofreram o mesmo destino que esta aldeia por vocês, ninjas de Konoha. Como é justo permitir que apenas vocês preguem a paz e a justiça? “

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s