Gantz!

 

   Eu já ouvi muitos comentários de garotas falando “Eu não vou ver essa série afinal tem mulher pelada na capa” ou… “Ah, mas tem muito sangue”… A única garota que eu conheço que viu Gantz (e gostou) que não foi uma viciada em gore que eu estudei junto, é a minha namorada, então… Se você ta com medo ou nojo de ler Gantz, procure outro post da Jogress, se estiver em dúvida, veja o vídeo abaixo, mas eu aviso… NÃO ASSISTA O ANIME.

A série que já vendeu mais de 18 milhões de cópias (com orgulho da revista anunciar a cada recorde), criada por Hiroya Oku se não me engano ele já desenhou alguns oneshots de hentais também teve suas adaptações em Live Action (do qual aparentemente promete uma triologia), um anime de 2 temporadas do qual você não deve assistir (ou uma temporada “inteira” se você vai pela ordem de 24~26 episódios).

Gantz é uma série que conta a história de Kurono Kei, um garoto do ensino médio que morre salvando a vida de um mendigo junto de seu amigo, Masaru Kato, que também morre. Eles então são enviados para o “quarto da bola negra”, mais conhecido como o quarto do Gantz, que é uma máquina controlada por um homem aparentemente inconsciente dentro, as regras não são explicadas, apenas…

   “Suas vidas acabaram. Como usarão suas vidas agora, apenas eu decidirei.”

Por isso muitas pessoas acabam morrendo no processo, e é esse o mistério que você vai ter de conviver do qual no anime fica mais sem sentido, mas as regras são simples:

1. Você deve matar um alvo no tempo de uma hora, na área de 1km².
2. Se você sair da área, você morre.
3. Se a missão não for completada, você perde todos os seus pontos.
4. Com 100 pontos, você pode escolher entre reviver alguém, sair do quarto, ou ter uma arma mais poderosa.
5. Se você revelar sobre qualquer coisa do quarto, sua cabeça explode.

Muita gente que eu conversei julgou Gantz pelo anime… Que infelizmente, apesar da animação ter sido boa, teve um final alternativo e cenas fillers de sexo, então, a não ser que você seja um Otaku que já baixou todos os hentais da Youkai Animes, ou você queira se divertir com os dubladores brasileiros que fizeram sua infância falando palavrões etc, não aconselho você tirar conclusões da série, mas em ambas (menos o live action que outros fãs de Gantz falaram que foi decepcionante, eu não ainda mas imagino) os personagens não se DESTROEM, eles MATAM. Mas eu vi algo muito maior em Gantz, do qual as pessoas não comentam:

[Spoilers = Leves]

Dentro deste jogo de vida ou morte em que pessoas normais tentam se adaptar, algumas tentando agarrar na esperança da antiga realidade que viviam ainda existir, outros, adorando a nova vida, matando e fazendo pontos, como um jogo, a maioria dos personagens se questionam se realmente é certo tirar vidas, ainda mais quando os próprios “alvos” falam isso, “nós vivíamos em paz, por que vocês estão fazendo isso?” “Devemos salvar inocentes? Quando não sabemos quem são os inocentes ou mais importante, se conseguimos ao menos nos salvar.” os próprios personagens se veem como vilões apesar de serem forçados a tal, isso bate constantemente em Gantz, um conflito psicológico geral muito interessante.

No meio de todas essas idéias, cada personagem tem sua história própria, que pode ter sido a razão de morrer, ou pelo menos de como agir, e é ai que o Oku-sensei decide criar um jeito MUITO legal do qual eu na boa, não vi em muitos lugares, e se vi, nunca foi tão bem explorado: Qualquer um pode morrer.

Não estou falando de que não vi séries que todo mundo pode morrer, mas, me refiro ao jeito que ele retrata isso, no meio de muitas mortes, é só uma questão de número e probabilidade que você pode morrer, até ai, tudo bem, mas, Hiroya Oku consegue explorar o personagem trazendo você pra situação dele, não é você sentir compaixão ou qualquer coisa, você sente o medo e a vontade de viver quando você lê, e no Kurono, o personagem mais explorado, você sente como se você fosse ele em muitos momentos, até porque  o autor ta cagando pra qualquer limite, se ele quer por sexo, ele coloca, se ele quer colocar o seu intestino saindo indo na cara de outro ele coloca, e isso leva ao autor colocar sem medo uma história envolvendo estupro, violência ou qualquer coisa de traumas nos personagens, e também te tira a segurança de que, aquele personagem irá sobreviver no próximo instante, nos passando sinceramente, a sensação de perigo real, o grupo de protagonistas do HOTD não vai mudar, se um protagonista morrer, vai ser muito, só secundários morrem, até por quê os fãs se apegam com um personagens, eu lembro de boatos que surgiu até abaixo assinado pro Kakashi voltar, Oku desacostuma os fãs desde o início.

   SPOILERS SPOILERS! PULE PRA PRÓXIMA IMAGEM!          

Kurono é na minha opinião o personagem mais bem explorado de TODOS os animes, ele não é aquele personagem de coração puro, do qual pode matar diversos caras malvados mas ainda não tem maldade, mas também não é cruel sem motivo, ele primeiro começa como um garoto entediado que nem sabe o que vai fazer amanhã, decepcionado com a sociedade e não tendo ninguém no mundo pra chamar de amigo, você pelo menos em algum momento entre os pensamentos dele você se identifica com o que ele pensa, ele é um adolescente, do qual têm os mesmos desejos e decepções que nós, no primeiro capítulo eu fiquei “CARALHO! SOU EU!” mas claro que a maioria não vai chegar a tanto.

Com tantas mudanças, Kurono começa a perder o senso do certo e do errado, e você nota duas forças tentando puxar ele, Nishi, que “acha que ele tinha futuro”, sempre tentando provocar Kurono até desistir do mesmo, a ser um assassino frio, com vocação pra matar aliens etc, e Kato, que quer salvar as pessoas a todo custo, e que achava Kurono o cara mais legal do mundo quando era criança.
Em cenas em que Kurono convive MUITO perto da Kishimoto, você sente a ira dele por aquilo estar acontecendo, ele a mil, você entende ele, e sente ódio da guria por ela não se tocar ou pelo menos pensar em algo melhor pra falar ou pra fazer, tornando o amor não correspondido insuportável pra ele em certos pontos, sexualmente e emocionalmente falando. Acho que o único momento em que você se sente mais como espectador do que realmente dentro da história é nos poucos momentos de comédia em que são hilários em que Kurono se passa na hora de humilhações e micos que ele paga no início da série.

Ele é um personagem muito habilidoso, sendo questionado se é o mais forte ou mais fraco em muitas situações de vida ou morte, tendo um chuck norris mode quando está sem uniforme, o que ainda causa uma expectativa maior em você, pois não estamos falando de um super herói nessas horas um guerreiro com poderes ocultos, ele é apenas um humano, fazendo o máximo pra sobreviver.

Quando ele fica frustrado com tudo, levando isso como um jogo e tentando adquirir a maior quantidade de pontos possíveis, você no início pensa entre “Legal agora vai ter matança mesmo” ou “Affz… Agora vai ficar chato, o personagem mudou completamente”, mas você entende suas razões na maioria das vezes, e não questiona, até torce pra ele fazer as coisas cansado de uma ação hipócrita de outro personagem ou querendo calar a boca de algum (gantz te dá esse alívio pelo menos,  qualquer um que zomba de um cara vai ter sua boca calada).

E então, a  maior evolução de Kurono como pessoa,  na segunda parte da série, Kurono demonstra uma liderança nata, no início não por se preocupar com os outros mas por ganância própria, mas conforme tenta se moldar na figura de seu antigo companheiro e amigo (que ironicamente tinha o próprio Kurono como base), ele ganha um respeito muito maior do que seu amigo tinha, e em vários momentos (não só no primeiro combate de Kuorono, como fica a mostra) notamos o reencontro de Kurono como alguém que ele realmente queria ser, superando a imagem de garoto levado que faz o impossível. Ele ainda têm seus questionamentos de proteger os inocentes, mas consegue sempre organzar suas prioridades, o que leva o meu tópico favorito desde quando li pela primeira vez, e que calaria a boca de qualquer garota se ela tivesse paciência de ler os primeiros 150 caps: TAE-CHAN.

Quando eu li um resumo de Gantz, em que falava que Kurono recuperava um pouco da memória por fotos da sua namorada, eu achei que era uma garota mais fútil e comum, mais usada para sexo nas cenas (talvez porque eu vi sem querer um cap em que mostra a namorada do irmão dele), mas é justamente ao contrário! Tae-chan nunca teve nem se quer uma capa sobre isso (apesar que cenas existem), mas ela se torna uma luz pro Kurono, uma luz realmente frágil emocionalmente, apesar de em muitas formas ser muito resistente, passando por muitas coisas e problemas, se apoiando mutualmente em Kurono mesmo sem saber da vida real dele. Kurono pensa MUITO nela na hora em que pode morrer contra os dinossauros, e consegue fugir e matar ele ANDANDO A PÉ! Ele se questiona mais ainda em como a vida dele melhorou, pois ele era completamente rejeitado pela família, nunca tendo alguém que se importasse com ele tão notoriamente pelo menos. E você sente a dor e a quantidade de esforços que ele tem de fazer quando ele é enviado para…. MATAR ELA, tentando fazer a missão inversa a qualquer custo.

E mais ainda as tentativas deles se encontrarem no meio de uma guerra, isso é tudo que ele quer.

Apesar de eu realmente querer conversar mais sobre Gantz, não quero tornar o post mais longo do que já está, eu gostaria de fazer uma podcast mas não achei ninguém que está acompanhando disposto a ajudar, mas como é uma das minhas séries favoritas, é muito possível que eu venha a falar bem mais quando minha mão não estiver doendo de digitar e desenhar. E putz eu ainda tenho que fazer um banner pro blog X.X

Eu pessoalmente, espero que alguém comente sobre Gantz, em algum outro blog, seria legal conversar sobre isso, por essa razão, eu não deixarei conclusão, mas devo dizer que, apesar dos novos capítulos estarem meio enrolados, eu entendo que é por causa que, é desse jeito mesmo, o autor deixa assim pra você poder ler como um todo, ainda tentando te prender com as poucas páginas que ele tem, irei também fazer um post logo logo falando da arte de Gantz, quero comentar alguns métodos interessantes e outros desnecessários de vários mangás eu em um post só.

Quanto a reviews, eu estou assistindo Yu-gi-oh 5 Dragons, e pensando em fazer uma podcast sobre ele, digimon ou Kaminomi, vamos ver o que podemos fazer! Dja ne!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Gantz!

  1. Eu não sou otaku. Sou jornalista e aprecio boas histórias/estórias. Gantz é uma delas. Adoro ficção e o Oku escreveu divinamente bem.

    O melhor de tudo é o desenvolvimento do enredo, o amadurecimento dos personagens e a própria complexidade da série.

    Não tenho como ficar comparando com outros mangás ou hentai, pq, sinceramente, não sou expert no assunto. Mas pelo meu humilde senso crítico, vale a pena ler e refletir sobre como a humanidade enxerga a vida, de um modo geral, e como nós mesmos fazemos essa relação entre vida e morte.

    Um último conselho, vale muito a pena esperar cerca de 3 episódios por mês. A série está alucinante e totalmente inesperada. Lógico que eu queria que eles lançassem 100 episódios de uma vez. Mas, fazer o que.

    Pelo andar da carruagem, acredito que logo logo a série acabe.
    Parabéns pelo post.

    • Munin disse:

      Vlw mesmo ^^ Eu trato qualquer obra de mangá da mesma forma que um livro etc. A única diferença pra mim entre ambos é o gosto de quem vê, mas quanto Gantz sai mais ainda do contexto de mangá por ser um Seinen bem mais realista, é uma pena que os filmes pelo que dizem não chegaram a adaptar bem a série, tiveram que aliviar pra pegar um publico geral =/ Além disso o traço dele é bem realista.

      Sim, sim! A série é muito boa nesse ponto, nenhum outro mangá tem isso, e apesar de eu sempre justificar isso devido a falta de limites do mangá, uma pessoa real não precisa necessariamente passar por uma grande quantia de assassinatos e cenas perturbadoras para amadurecer.

      Ah sim, eu tenho uma raiva de quando eu finalmente alcanço alguma série, e o que gosto de Gantz apesar de eu ficar pensando as vezes “putz, só isso?” o autor não está nem ai pra votos pra série ficar ou qualquer coisa do tipo, ele faz pra você ler realmente como um volume completo, ele só mostra o que ele ta colocando com antecedência digamos assim…

      Todo mundo fala isso, e apesar do autor também dizer que essa terceira fase é a última da série, vai demorar mais um ou dois anos no mínimo pra ela acabar, Gantz é a série mais irregular que já ouvi falar, ela é geralmente quinzenal, mas já foi mensal e semanal! Sem contar hiatus que já chegou ficar 3 meses! Então é meio difícil de prever, eu chuto 3 anos pra ele acabar, chuto não, torço, não quero que acabe!

      Mais uma vez, obrigado! ^^
      Se você é fã de ver boas histórias, duas consideravelmente pesadas mas com ótimos desenvolvimentos pessoais (que irei postar aqui assim que puder) são NHK ni youkoso! (já aqui no Brasil) e uma que não creio que virá para o ocidente mas você encontra facilmente em scanlators é Onani Master Kurosawa, ambas as séries têm um desenvolvimento muito bom para os personagens, questionando a sociedade, não só a japonesa, mas o mundo atual em si quando você vê de modo geral, espero que goste!

  2. junior disse:

    MAN, o que eu queria mesmo era que continuassem o anime de gantz seguindo o manga a risca mas nem tudo que a gente quer se torna realidade. Se tivesse grana eu mesmo financiava o anime pro meste Hiroya Oku mano eu queria muitooooooo msm ver a continuaçao de GANTZ.
    bom trabalho ae gostei do post e na expectativa de GANTZ voltar.

    • Munin disse:

      Eu acho que eles vão esperar a série encerrar, e então fazer tudo duma vez com alta qualidade, como fizeram com o FMA, melhor jeito da série vender.

  3. […] Por isso, se você quer comparar a minha opinião… sinta-se a vontade de ler a minha primeira Review de Gantz (na Jogress, as outras eram mais […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s